Como equilibrar algo que eu não gosto? Isso é possível?

Bom, se você está acompanhando nossos posts e chegou até aqui: nosso muito obrigada!! 🙂

Nosso principal objetivo era trazer pensamentos diferentes dos que costumamos ver por ai no mundo fashion. Fizemos nossa introdução falando sobre identidade, autenticidade e insegurança (transformando em segurança), mostrando pra vocês esses três pilares fundamentais para a autoaceitação e liberdade.

Agora que você já se conhece um pouco mais, ou pelo menos deveria, sabe que é livre para fazer suas escolhas.Nossa ideia é continuar falando sobre outros assuntos também mas sem perder nossa essência.

Hoje, o assunto que queremos abordar é sobre aquela parte do nosso corpo que nos incomoda: um braço mais largo ou talvez o quadril mais volumoso, entre outras tantas outras inseguranças que ouvimos e lemos por aí. Talvez já passou pela sua cabeça “tenho uma barriguinha e gostaria de disfarçar”, “tenho a coxa grossa e o comprimento mini me incomoda, não me sinto bem”.

Esses são apenas alguns exemplos e é justamente nisso que vamos tentar te auxiliar para você sentir um bem estar maior, uma sensação de clareza no vestir apenas escolhendo suas peças intencionalmente. A maioria de nós apenas escolhe por escolher, nem sequer pensa no motivo que escolhemos aquela cor de roupa ou modelo, tecido ou qualquer elemento do vestir. 

Quando vimos e usamos a ilusão de óptica no vestir, é como se soubéssemos o segredo do bolo.

Lembre-se: você é linda de qualquer jeito!! Todos nós somos um ser único. Se isso está te incomodando ao ponto de te travar de alguma forma, nós queremos e vamos te ajudar.

Queremos disponibilizar alguns truques de estilo mãããsss também queremos deixar claro para você utilizar SOMENTE se sentir necessidade de se sentir bem e NÃO como regra.

Então vamos la…

Como disfarçar o quadril largo:

  • Temos a terceira peça como uma opção que transforma o look e acrescenta um ar mais interessante na composição como um todo, além de ficar mais elegante mesmo em um look mais informal. Essas peças que o comprimento acabam na metade do quadril ou abaixo ajudam a disfarçar o volume porque nosso olho sempre vai onde acaba a peça, então é importante você observar o comprimento.
  • Se você usar uma calça super justa, ela vai parecer que aumenta ainda mais. Mas você pode se perguntar como isso acontece… é porque o tecido que se ajusta ao corpo, mostra como ele realmente é. Logo, cortes mais retos favorecem pois criam uma forma por cima do próprio corpo dando a sensação de não sabermos onde ou como é o corpo que está embaixo.
  •  Volumes, babados, estampas amplas e com alto contraste chamam mais a atenção para o local onde estão. Além de qualquer recorte, zíper, bolsos, pregas ou detalhes no local. 

 

Como disfarçar braços largos:

  • Regatas deixam os braços à mostra, ou seja,  peças com manga curta, comprida ou meia manga, disfarçam mais a região. Se for optar por regata, as de alças mais largas do que finas também disfarçam mais.
  •  Babados, drapeados, estampas de alto contraste ou detalhes também ajudam a aumentar.

Como disfarçar a barriga:

  • Peças mais soltas ao corpo ajudam a não marcar, deixando você mais a vontade.
  • Tecidos planos ajudam a criar nova forma sobre o corpo.
  • Drapeados, babados, estampas grandes e de alto contraste, parecem aumentar.
  • Cintos largos ou qualquer tipo de marcação abaixo do seio chamam atenção para a região.

Como disfarçar coxas grossas:

  • Se isso te incomoda, você pode optar por modelos midi, longos ou os de tamanho médio ao invés de curtos, porém mais soltos. Tudo que é justo chama mais a atenção por mostrar o formato da região. 

PS.: TUDO, mas TUDO o que colocamos aqui NÃO É REGRA e sim ilusões de óptica que podemos usar a nosso favor caso sentimos necessidade. Vale ressaltar que tudo vai depender do método da COMPARAÇÃO. 

O que isso quer dizer? Que temos que comparar o todo da composição, não é só a blusa mas a peça de cima com a peça de baixo. Não só a peca de baixo sozinha mas com a parte de cima. Tudo vai depender da comparação de uma coisa e outra. Ex.: o cinza pode ser claro em relação ao preto mas pode ser escuro em relação ao bege.

Enfim…
Acreditamos que hoje não existem mais padrões a serem seguidos. Conquistamos uma liberdade fundamental para podermos fazer nossas escolhas sem medo do que o outro vai pensar ou falar. O que realmente importa é sentir-se bem, porque esse sentimento sim, passamos para as pessoas. Pense sempre na SENSAÇÃO que você sente ao usar o look todo. 
O bem estar é fundamental para estarmos lindas e nos sentirmos lindas também! Se ame, do jeito que for!

“Felicidade é a sensação que te domina quando o que você tem sentido, faz sentido.”

Por: Érika Waterkemper Biléssimo e Luana Barbosa

Receba conteúdo com exclusividade

cadastre seu e-mail abaixo

compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

VEJA MAIS...

Por que economizamos nossas roupas?

Você “economiza” sua roupa e usa pouco pra ela durar? Guarda para uma ocasião especial? Gentemmmm: por que a maioria de nós economizamos a roupa